Judeu tem pênis desenhado no passaporte durante imigração no Chile

Por

Atualizado em 14/02/2018

Segundo vítima, agente de imigração teria feito desenho e escrito "viva palestina"

Segundo vítima, agente de imigração teria feito desenho e escrito “viva palestina”

O israelense e judeu Tal Y’aakobi, 25 anos, acusou o departamento de imigração do Chile de “racismo” após ter um pênis desenhado em seu passaporte durante viagem ao país. Segundo Tal, o agente de imigração que o atendeu na ocasião teria feito desenho acompanhado da legenda “viva palestina”. As informações foram divulgadas pelo The Mirror

Leia mais

Tal contou em entrevista que estava viajando da Argentina ao  Chile e ficou “detido” por mais de uma hora no aeroporto chileno “sem motivos”. O israelense descobriu o desenho no passaporte quatro dias depois. “O agente de imigração foi muito rude e jogou o passaporte na minha cara”, contou Tal.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários