Bordel com bonecas sexuais pode destruir mercado de prostituição

Por

Atualizado em 24/01/2018

 

 

 

Bordel de Bonecas

Reprodução Bordel de Bonecas

O primeiro bordel de “prostitutas de plástico” no Reino Unido está assustado o mercado real de garotas de programa. Pelo menos é o que afirma o dono do negócio, um homem de 40 anos que se identifica apenas como Graham. Segundo Graham, ele teria conversado com pessoas ligadas ao serviço, mas não recebeu resposta positiva: “talvez eles tenham medo de prejudicar as prostitutas de carne e osso”, comentou em entrevista ao The Mirror.

Graham vende bonecas sexuais por encomenda, que podem ser fabricadas com características da parceira, affair ou celebridade. A empresa Lovedoll UK permite que o cliente faça um teste por cerca de R$ 450, antes de pagar o valor total para levar a boneca para casa, que gira em torno de R$ 9 mil.

Para “conhecer o produto” o cliente deve ir ao bordel, onde tem acesso a um quarto privativo com cama de casal, produtos para lubrificação e camisinha. “70% dos homens não se importam que a boneca seja usada”, comentou Graham. O empresário afirmou que muitas vezes recebe clientes mulheres interessadas em encomendar uma boneca para o marido.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários